quinta-feira, 20 de julho de 2017

Salame de chocolate - receita Bimby

Esta é maisuma daquelas receitas que me transporta de imediato para a infância: não havia festa de aniversário sem salame de chocolate na mesa! aposto que nas vossas casas era igual :-)



200 g de chocolate em pó
200 g de bolacha Maria
150 g de manteiga
200 g de açúcar
4 gemas 

   Pulverize o açúcar (15 segundos/ velocidade 9) e reserve.
   Coloque no copo metade das bolachas e triture 10 segundos/ velocidade 4, retire e reserve. Rrepita o processo com as bolachas restantes.
    Deite no copo o açúcar, as gemas e a manteiga e programe 5 minutos/ 70ºC /velocidade 4.
   Adicione o chocolate e misture 20 segundos/ velocidade 5
   Adicione as bolachas e envolva bem.
    Deite numa forma de bolo inglês, previamente forrada com película aderente (ou opte por colocar o preparado em papel de alumínio e moldá-lo em forma cilíndrica).
   Leve ao frigorífico até solidificar.
   Desenforme e polvilhe com cacau em pó ou açúcar (opcional).


quarta-feira, 12 de julho de 2017

Penne de atum com manjericão - receita Bimby

   Esta massa foi um autêntico sucesso lá em casa. Até o pequeno A. comeu sem reclamar, o que é de espantar! e é muito rápida de fazer. Já está na lista das receitas favoritas :-)




150 g de cebola
400 g de polpa de tomate
240 g de atum
2 pacotes de natas  
Sal q.b.
40 g de azeite 
300 g de penne
150  g de cebola
20 g de manjericão

   Coloque no copo a água , 1 colher (chá) de sal e 10 g de azeite. Aqueça 10 minutos/ Varoma/ velocidade 1.
   Adicione a massa e coza o tempo indicado na embalagem/ 100°C/ Velocidade Inversa/ «Colher». Escorra a massa e reserve. 
   No copo limpo, coloque 30 g de azeite, o manjericão e a cebola. Pique 5 segundos / velocidade 5. Em seguida,  refogue 5 minutos/ Varoma /velocidade 1. 
   Adicione a polpa de tomate, o atum e ½ c. de chá de sal. Programe 5 minutos/ 100°C/ Velocidade Inversa/ «Colher». 
   Adicione as natas e programe 3 minutos/ 90°C/ Velocidade Inversa/ «Colher». 
   Envolva o molho com a massa e sirva de imediato.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Queijo fresco - receita Bimby

   A juntar às inumeras coisas que faço na Bimby agora posso acrescentar queijo fresco! Não percebo porque demorei tamto tempo a experimentar o quejo fresco feito na Bimby. Ainda por cima aqui, onde é tao difícil encontrar um bom queijo fresco - o mais comum por aqui é o francês, que mais parece iogurte natural. Felizmente já se consegue comprar no supermercado português e por vezes no Auchan também aparecem uns queijinhos da Matinal. 
   Mas qual a necessidade se o pudemos fazer em casa? È tão bom e não dá trabalho nenhum. O que custa é ter de esperar dois dias para o podermos provar!
   Com o soro do leite, ainda fiz um pão para o jantar :-). Mas essa receita fica para outro dia :-). 


1 l de leite do dia
100 g leite em pó
Sal, q.b.
25 gotas de coalho liquido


   Coloque no copo o leite, o leite em pó e o sal e programe 5 minutos/ 37°C/ velocidade 4.
   Adicione o coalho e envolva 30 segundos/ velocidade 4.
   Deixe repousar no copo cerca de 35 minutos para ganhar consistência. 
   Com a ajuda da espátula coloque o queijo no cesto da Bimby. De seguida coloque o cesto sob um prato fundo para que o soro escorra. 
   Deixe repousar durante 2 dias no frigorífico. Após este tempo, desenforme e sirva.
 
 

terça-feira, 6 de junho de 2017

Pão de brioche - receita Bimby

   O pão de brioche feito na Bimby é uma perdição: uma sugestão para um pequeno-almoço mais demorado ou para um lanche, a acompanhar uma bela chávena de chá.


150 g de leite
1 pitada de sal
50 g de açúcar
50 g de margarina
3 gemas de ovo
  5 g  de fermento de padeiro seco
400 g de farinha
1 gema de ovo, para pincelar


   Pré-aqueça o forno a 50ºC.
   Coloque no copo o leite, o sal, o açúcar, a margarina e programe 1 minuto/ 37°C/ velocidade 2.
    Adicione as gemas, o fermento e programe 10 segundos/ velocidade 2.
    Adicione a farinha e programe 1 minuto/ velocidade Espiga.
    Faça bolas pequenas (com cerca de 55 a 60 g cada) e coloque-as num tabuleiro forrado com papel vegetal.
   Pincele a superfície com gema de ovo e leve a forno pré-aquecido a 50°C durante 20 minutos, para que dobre de volume.
   Quando dobrar de volume, aumente a temperatura para 180°C cerca de 25 minutos.




Dica:
Caso pretenda pão de brioche doce, acrescente mais 40 g de açúcar baunilhado.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Bolo mármore de banana

Quando as bananas começam a passar do ponto, há sempre uma receita de bolo pronta a salvar-nos! :-)



190 g de farinha de trigo
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
5 colheres (sopa) de água quente
1/4 xícara (20 g) de cacau em pó
2 bananas bem maduras, amassadas
1/2 xícara (100 g) de iogurte grego natural
1/2 xícara (115 g) de manteiga, derretida
1/2 xícara (110 g) de açúcar mascavo
2 ovos batidos

   Pré-aqueça o forno a 180ºC.
   Misture a farinha, o bicarbonato e o sal. 
   Noutra tigela, misture o cacau com a água quente até ficar homogêneo.
   Noutra tigela, misture a banana, o iogurte, a manteiga, o açúcar, os ovos e a baunilha. 
   Misture bem e adicione a farinha aos poucos, misturando até incorporar.
   Divida a massa ao meio. Numa das partes, misture o chocolate.
   Vá colocando na forma colheradas alternadas da massa de banana e da massa de chocolate.
   Leve ao forno cerca de 30 a 35 minutos.



 





quarta-feira, 24 de maio de 2017

Bolo de leite evaporado




200 g de leite evaporado
200 g de farinha
4 ovos
180 g de açúcar
80 ml de óleo
Raspa da casa de 1 limão
1 colher (chá) de  fermento em pó

   Pré-aqueça o forno a 180 ºC.
   Coloque todos os ingredientes numa taça, e bata bem, até ficar uma mistura homogénea. 
   Verta para uma forma, previamente untada e polvilhada e leve ao forbo por 30 a 35 minutos. Verifique a cozedura com um palito.
   Retire do forno, deixe arrefecer uns 10 minutos e desenforme.


quinta-feira, 18 de maio de 2017

Tarte de Santiago

   A tarte de Santiago é uma sobremesa tradicional da Galiza, de Santiago de Compostela, podendo ser encontrada por toda a Espanha. Os ingredientes principais deste doce são a amêndoa e os ovos. 
   Este doce é uma herança dos judeus sefarditas. Era uma das sobremesas típica da Páscoa judia: a farinha era substituída por pasta de amêndoa por ser proibido usar leveduras/fermentos. 
   As primeiras receitas fiáveis provêm de notas de Luis Bartolomé de Leybar, datando de 1838, sob a designação de "Tarta de Amêndoa". 
   A origem da Cruz de Santiago representada na sua superfice data de 1924, ano em que a confeitaria "Casa Mora" de Santiago de Compostela começa a enfeitar as tortas de amêndoa com aquela que viria a ser a sua silhueta característica. 
   Em 3 de Março de 2006, a Torta de Santiago passou a ser uma Denominação de origem protegida, com o Estado a regular as exactas medidas e os  de ingredientes que a tarte deve ter na sua confecção para ser considerada a verdadeira tarte de Santiago. Uma dessas medidas diz que a tarte nunca poderá levar farinha na sua confecção e a  quantidade de amêndoas deve representar pelo menos 33% do peso total da tarte. 
   A autêntica Tarta de Santiago deve ser redonda com a silhueta da cruz de Santiago de Compostela desenhada na superfície com açúcar em pó.





250 g de farinha de amêndoa
5 ovos
250 g de açúcar
Casca de 1 um limão (sem parte branca)
Açúcar em pó q.b.
Molde da Cruz de Santiago


Na Bimby:
   Pré-aqueça o forno a 170C º.
  Barre um tarteira de fundo amovível com manteiga, forre com papel vegetal e volte a barrar com manteiga.
   Coloque no copo o açúcar e pulverize 10 segundos/ velocidade 10.
   Adicione a casca de limão e volte a programar 10 segundos/ velocidade 10.
   Acrescente os ovos e programe 110 segundos/ velocidade 4.
   Acrescentar as amêndoas moídas e programar 5 segundos/ velocidade 4.
   Coloque o preparado na tarteira e leve ao forno cerca de 15 minutos a 20 minutos.
   Retire, deixe arrefecer um pouco, coloque o molde em cima e polvilhe com açúcar em pó.
   

Método tradicional:
  Pré-aqueça o forno a 170C º.
  Barre um tarteira de fundo amovível com manteiga, forre com papel vegetal e volte a barrar com manteiga.
   Bata muito bem os ovos com o açúcar.
   Adicione a raspa da casca do limão e a farinha de amêndoa.
   Coloque o preparado na tarteira e leve ao forno cerca de 15 minutos a 20 minutos.
   Retire, deixe arrefecer um pouco, coloque o molde em cima e polvilhe com açúcar em pó.
   

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Gelado de morango na Bimby

   Hoje trago-vos uma receita de gelado. Apesar de ser cm morangos, podem usar outras frutas congeladas a gosto (pêssegos, manga ou ananás são boas opções).
   Requer algum trabalho prévio, de congelamento (de preferência de véspera), mas tem a vantagem de em menos de nada se ter um gelado pronto a servir!  


 

200 g açúcar
800 g morangos, congelados
1 limão descascado, sem caroços e parte branca
200 g natas, frias
1 clara de ovo
400 g leite evaporado, previamente congelado em cuvetes de gelo


   Coloque no copo o açúcar e pulverize 15 segundos/ velocidade 9.
   Adicione os morangos, o limão, as natas, a clara e programe uns golpes de Turbo,  para desfazer.
   Adicione o leite evaporado e programe 2 minutos/ velocidade 9.
   Envolva, com a ajuda da espátula e sirva de imediato.